Recursos de machine learning são otimizados pelo Google

Home / All  / News  / Recursos de machine learning são otimizados pelo Google

Por Raphaela Gaspar
18/07/2018

Há muitos anos, a plataforma Google Ads se consolidou como um dos principais espaços para compra de mídia na internet. Porém, nos últimos meses o serviço sofreu algumas mudanças, primordialmente, por conta da tecnologia. Agora, o Google tem atualizado e amadurecido seus serviços para marcas e público final.

Na última semana, aconteceu o “Google Marketing Live”, evento sediado em São Francisco (EUA), e um dos assuntos mais comentados foi a utilização do aprendizado de máquina para novas marcas e produtos, a fim de proporcionar aos profissionais de marketing ainda
mais oportunidades para as empresas que representam.

Aumentando a relevância com anúncios de pesquisa responsivos

Atualmente, os consumidores estão cada vez mais curiosos e exigentes, e, com isso, esperam também mais rapidez nas tarefas realizadas pelos dispositivos móveis. Isso gera uma necessidade de que os anúncios sejam úteis e personalizados, mas, fazer isso de fato, não é tão simples quanto parece. Então, surgem os anúncios de pesquisa responsivos, que combinam criatividade com a eficiência do aprendizado de máquina do Google, ajudando na exibição de anúncios relevantes e valiosos.

Ok. Mas como eles funcionam? Você só precisa criar até 15 títulos e 4 linhas de descrição, o restante fica por cuidado do próprio Google. Após algumas combinações, o Google percebe qual criativo apresenta um desempenho melhor para qualquer consulta de pesquisa e tudo depende do contexto. Ou seja, duas pessoas podem ver anúncios diferentes, mesmo que tenham pesquisado sobre o mesmo termo.

E esse tipo de otimização aparentemente funciona, pois os anunciantes constataram que houve aumento em até 15% nos cliques.

Mais desempenho e relevância no Youtube

O Youtube também ganhará novo recurso baseado em aprendizado de máquina, afinal, ele possui um papel fundamental na formação de opinião e gostos do consumidor final. Ou seja, exibir anúncios em vídeo no momento ideal para o público-alvo certo é fundamental.

Ainda este ano, o Google lançará a estratégia “Maximizar aumento”, visando alcançar pessoas com mais probabilidade de considerar a marca e, ainda assistir um anúncio em vídeo. Essa nova tecnologia também faz uso do aprendizado em máquina, e certamente irá impactar a percepção da marca para o consumidor.

Campanhas de Shopping com maior aproveitamento

O terceiro grupo de lançamentos do Google corresponde à junção das compras no ambiente físico e digital. O recurso de local campaigns, por exemplo, tem objetivo de aumentar as visitas às lojas físicas. É preciso apenas que o anunciante forneça informações, como os endereços das lojas e as peças publicitárias criativas, para que o Google otimize automaticamente os anúncios em diferentes plataformas.

As compras são de todos os formatos, não precisam estar apenas em vídeo ou na busca. No anúncio através do sistema machine learning, há um incentivo do usuário para que ele vá até a loja.

O aprendizado de máquina é usado também para otimizar o canal de exibição dos anúncios no Shopping e os produtos escolhidos para a exibição. Ele considera algumas coisas, como preços e demandas sazonais. Essas campanhas inteligentes do Shopping simplificam a forma de gerenciar anúncios e conseguir melhores resultados.

Além de tudo isso, o Google está incluindo suporte para plataformas maiores de comércio eletrônico, com o objetivo de simplificar o gerenciamento de campanhas. Inclusive, já é possível configurar e gerenciar as campanhas inteligentes do Shopping diretamente no Shopify e Google Ads.